quinta-feira

LUTO - MINHA AMIGA SE FOI

 A madrugada havia sido difícil,as horas no trabalho teimavam em não passar, minha coluna travando,dor de cabeça de enlouquecer...
Enfim o raiar do dia e o fim da jonada de trabalho, posso então ir ao pronto socorro...
Ao sair fui ao posto de saúde, sentada naquele corredor, hoje reformado, relembro tempos em que em plena força de minha juventude eu estava sempre por ali, como voluntaria, fazendo festas para arrecadar fundos...nostalgia...relembrando a juventude, a força, a história de mudar o mundo. Relembrando minha infância, meus amigos.
Nesta mesma hora, em outro hospital de Campinas, minha amiga morria.
Morria? Como assim? 

Soube ao chegar em casa,em um telefonema, onde a gentil Glaice me informa com cuidado.
Agradeço por ter ligado e desligo.
Fui sentindo o chão se abrir, perdi o rumo, tudo ficou tão estranho, despencado e inútil.
Minha mente se enche de emoções, lembranças. Cores neutras...
Ao chegar no cemitério sabia que iria ser difícil para mim.
Me aproximei devagar, meu amado marido, fiel amigo sempre ao meu lado.
Ali estava, amiga de sempre, desde a infância... mas ja não era, faltava aquele brilho de vida.
Uma dor profunda em meu estômago se apoderou de mim. A dor estava instalada em cada lágrima.
Nunca esquecerei aquele instante.

Escrevo agora, dentro de outra madrugada, as lágrimas não se vão, e entre um trabalho e outro
penso, que empresa é essa que nem nos deixa chorar nossos mortos.
Me conforto então com uma lembrança, as últimas vezes em que nos vimos foram seladas com um "TE AMO AMIGA" tão sincero,verdadeiro e profundo como sempre foi nossa amizade.
Cláudia Rodrigues, minha amiga, estará sempre em meu coração, Laupa.



Lembrando...
-quando eu quase perdi o bb no final da gravidez, vc ficou do meu lado, me levou para o hospital e dizia: vai dar tudo certo...Hj ta la a Ju, forte e linda la longe na Holanda.
-eu com 10 anos detestava leite, tinha que tomar porque estava com hepatite, vc pulava o muro e a janela e vinha tomar pra mim rsrsrs
-festa de aniversário surpresa, a uns 7 anos ...nunca vou esquecer...

E continuo com uma das músicas que tornei lema de vida...
"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã"Renato Russo.

3 comentários:

  1. Oi Paula , é a Karine.rs
    Olha sempre que posso divulgo seu blog e hoje vi o post sobre sua amiga. senti pesar ao ler e muito amor seu por sua amiga,queria que soubesse que um amigo quando se vai , nao se vai em definitivo, nossas lembranças são eternas até que a memória se vá e sabe de uma coisa vc tem uma grande memória portanto ela estará la dentro de vc toda vez que se lembrar dela, a dor e o pesar passa e logo restara a lembrança de tudo que viveram e é destas lembranças q te deixará alegre quando tu lembrares,de quantos abraços se deram, de quantas confidencias fizeram, quando choraram juntas e partilharam alegrias.Ao ler seu post senti tudo isso q vc sentiu porque ja perdi amigos amigos que nunca mais terei e que me deixaram grandes momentos.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela força amiga, vou sempre no seu blog tb!!! bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula, realmente é essa dor mesmo...
    Valeu pela mensagem...
    Bjs,

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho para nós...